Revista de Estudos Criminais

25 minutos e a perversidade aparece: uma experiência de “vivências carcerárias”

Luiz Antônio Bogo Chies, Alexandro Melo Correa, Carmen Lúcia Alves da Silva Lopes, Gabriel Prestes Espiga e Juliana Ribeiro Azevedo.

Resumo: Através de uma oficina realizada na Universidade Católica de Pelotas/RS, 14 estudantes envolvem-se numa experiência de aproximação com os ambientes socioprisionais. Este artigo relata esta inusitada oficina, denominada “Vivências Carcerárias”, e analisa, a partir dos elementos trazidos pela fala dos estudantes, como, em 25 minutos, a prisão se desnuda em suas dinâmicas, em suas privações e dores, enfim, em suas perversidades.

Palavras-chave: Prisão; Vivências Carcerárias; sistema penitenciário; sociologia nas prisões.

v.7, n.26, p.127-147