Revista de Estudos Criminais

Centauros no Central: análise dos pré-conceitos morais no imaginário dos juristas

Marcelo Mayora Alves, Alexandre Pandolfo, José Antônio Gerson Linck e Marcelo Lucchese Cordeiro.

Resumo: O objeto trabalhado é a relação existente entre a prisão preventiva e o discurso do homem perigoso. Desde uma perspectiva dogmática crítica apontamos a ilegitimidade e a incoerência da prisão preventiva, identificando-a como atitude preventiva violenta, derivada de pré-conceitos morais que fazem um indivíduo ser rotulado como perigoso.

Palavras-chave: Periculosidade; prisão preventiva; imaginário jurídico.

v.8, n.29, p.115-128