Revista de Estudos Criminais

Justiça invisível e/ou verdade visível: relações entre lógica e história

Christian Otto Muniz Nienov.

Resumo: A constatação de que o mundo é a injustiça é tributária da idolatria da visão, portanto à visibilidade da injustiça corresponde a indivisibilidade da justiça. Se a história como busca da verdade é o desejo de perfectibilidade visual e a hospitalidade hiperbólica como perfectibilidade invisível é a justiça, então há incompatibilidade entre história e justiça. O caso da mentira é exemplar: se a justiça é tao falsa quanto a verdade injusta, a lição cética é viver com as contradições.

Palavras-chave: Injustiça; visibilidade; justiça; indivisibilidade; verdade; história; lógica.

v.9, n.32, p.123-134