Revista de Estudos Criminais

Apontamentos Críticos ao Naturalismo do Século XIX na Teoria do Crime

Critical Notes on Nineteenth-Century Naturalism in Crime Theory

Bruno Tadeu Buonicore.

Resumo: O objeto do presente artigo é a perspectiva naturalista do século XIX na teoria do crime. O objetivo é analisar, desde uma perspectiva crítica, as contribuições desta corrente para o desenvolvimento da teoria do crime, sobretudo no espaço do binômio culpabilidade/liberdade individual, bem como na relação que se coloca entre direito penal e política-criminal do âmbito da ciência conjunta do direito penal (gesamte Strafrechtswissenschaft).

Palavras-chave: Naturalismo; teoria do crime; liberdade; culpabilidade; v. Liszt; Beling..

Abstract: The object of this article is the nineteenth-century naturalistic perspective on crime theory. The objective is to analyse, from a critical perspective, the contributions of this current to the development of crime theory, especially in the space of the guilt/individual freedom binomial as well as in the relationship between criminal law and political-criminal within the scope of joint science of criminal law (gesamte Strafrechtswissenschaft).

Keywords: Naturalism; crime theory; freedom; guilt; v. Liszt; Beling..

v.16, n.67, p.69-92